sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

ALIMENTOS PARA QUEM TEM FOME TODA HORA:



Quem tem fome toda hora deve comer mais alimentos ricos em fibras. Estes alimentos, quando chegam no estômago, formam uma espécie de gel, e atrasam a digestão, fazendo com que o indivíduo coma menos e gaste mais calorias para digerí-los.

Alguns bons exemplos de alimentos para quem tem fome toda hora são:

Mingau de aveia: Promove a saciedade, e pode ser consumido no café da manhã ou nos lanches. A aveia pode ainda ser acrescentada ao iogurte.

Pão integral com ovo: O ovo possui proteína, que exige uma digestão mais lenta, e o pão integral tira mais a fome que o pão branco. Pode ser consumido no café da manhã e no lanche da tarde.

Arroz integral com peito de peru grelhado e queijo branco: Delicioso e saciante, este cardápio serve para almoço ou jantar, e quando acompanhado de uma fatia de abacaxi, tira ainda mais a fome.

Abóbora: Contém poucas calorias e muitas fibras. Pode ser consumida em pratos quentes e frios, assada ou cozida, em qualquer refeição.

Banana: Rica em pectina, forra o estômago, e promove a sensação de bem estar. Ideal para lanches, mas não se pode exagerar, em média, cada uma possui 90 calorias.

Limonada: Tira a vontade comer doce, e engana a fome. Mas não deve ser adoçada com açúcar, o Stevia é uma boa solução.

Gelatina sem açúcar: É uma sobremesa saborosa, contém boas doses de proteínas e devido ao seu alto teor de água, preenche o estômago, matando a fome.

A fome é um mecanismo de defesa do corpo, mas que tem ligação direta com o sistema emocional e também tem regulação hormonal. Ansiedade, estresse, depressão, tristeza, angústia e insatisfação são alguns sentimentos que podem fazer com que o indivíduo tenha mais vontade de comer.

Isso ocorre porque ao comer, o indivíduo libera serotonina no cérebro, uma substância que gera bem estar. Uma boa forma de conseguir o mesmo, é fazendo algum exercício.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

CHÁ DE ERVA DE SÃO JOÃO - DEPRESSÃO, INSÔNIA, ANSIEDADE:


Durante séculos, a Hypericum perforatum foi muito utilizada pela sua capacidade de cicatrizar feridas, úlceras de pele e queimaduras. A planta também era considerada capaz de afastar maus espíritos e, por isso, foi usada no tratamento de inúmeras doenças mentais. Atualmente, a erva de são joão foi desmitificada e estudada a fundo. Hoje se sabe que ela tem ação antidepressiva e pode auxiliar no tratamento de estados depressivos suaves a moderados, ansiedade, insônia e dores, além de ser antiviral e antibacteriana (Fonte: Wikipedia). Aprenda a preparar o chá de erva de são joão, que funciona como um calmante natural.
Você vai precisar de:


Flores da erva de são joão
2 colheres (sopa) da erva
1 litro de água
Modo de Preparo:

Junte a erva com a água e leve ao fogo. Assim que começar a ferver, desligue e abafe. Mantenha em infusão por 10 minutos. Depois coe e estará pronto para o consumo.
Posologia

Tomar de 3 a 4 xícara do chá de erva-de-são-joão ao longo do dia.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

BENEFÍCIOS DO QUIABO



O quiabo ganhou destaque depois que uma pesquisa feita por alunos do Ensino Médio foi mostrada no programa Caldeirão do Huck. Os estudantes testaram os efeitos do quiabo no organismo dos diabéticos. Com o estudo, eles observaram que o consumo da chamada “água de quiabo” contribuía para o controle dos níveis de açúcar no sangue, ou seja, baixava a glicose.

Outras pesquisas ainda precisam ser realizadas para que se comprove efetivamente esse benefício, mas vários indícios revelam que o quiabo é um importante aliado da boa saúde, não só para os diabéticos, mas para a população como um todo. Se você é do tipo que torce o nariz para o alimento, conheça boas razões para incluir o quiabo em sua alimentação diária, mesmo que o sabor não seja tão agradável.


Quiabo
Antioxidantes Essenciais

Um dos segredos para que o quiabo seja tão saudável é a presença dos antioxidantes. A vitamina A e o betacaroteno, que atuam na prevenção de diversas doenças. Além disso, ele também contém vitamina C, capaz de combater infecções, e vitamina K, que fortalece os ossos e melhora a circulação sanguínea.
Diabetes e Colesterol

O consumo do quiabo também ajuda no controle do colesterol alto e do diabetes. Os pesquisadores acreditam que esse efeito se deve às fibras dietéticas encontradas no alimento. Em nosso organismo, as fibras se unem com a água, formando um líquido gelatinoso (semelhante à baba do quiabo). Essa substância se cola nas moléculas de gordura e açúcar, impedindo que parte delas seja absorvida durante a digestão.
Como Consumir

A melhor maneira de comer o quiabo para aproveitar esses benefícios é cozinhá-lo inteiro na água. Para preparar a água de quiabo, coloque alguns pedaços grandes do alimento em um copo de água e deixe tampado durante uma noite inteira. No dia seguinte retire os pedaços e beba o líquido restante. Vale lembrar, contudo, que essa mistura não tem efeitos milagrosos e de modo algum substitui os medicamentos indicados por um médico.